top of page

Cirurgia de tumor em cachorros

Atualizado: 7 de mai.



cirurgia de tumor em cachorros - câncer em cachorros

Como os seres humanos, os cachorros também podem sofrer com tumores, e estes tumores podem ser sinal de câncer.


O que é um tumor?

Um tumor é um aumento de volume que pode ocorrer em qualquer lugar do corpo, estes aumentos são originados pelo crescimento de células do local.


Benigno x Maligno:

Os tumores podem ser tanto benignos quanto malignos sendo mais conhecido como câncer. Essa doença necessita de tratamentos intensos e muito delicados.


O câncer é uma patologia caracterizada pelo crescimento desordenado de células do animal. Ele pode se espalhar para outras regiões do organismo, o que é chamado como metástase.

Quando falamos de tumor benigno, o crescimento das células é mais ordenado e mais lento, ele também não costuma se espalhar para outras regiões do animal.


Como identificar câncer em cachorro:

Em algumas situações, o câncer pode ser silencioso, assintomático. O linfoma, câncer que afeta o sistema linfático é um exemplo, ele promove o crescimento de células nos gânglios, os linfonodos. Não costuma manifestar dor, e às vezes pode demorar para que os tutores observem algum sintoma. Não é atoa que o indicado é levar o pet a um veterinário regularmente, com a realização de exames laboratoriais, de imagem, isto ajuda e muito na identificação precoce dessas alterações.


Apesar de acontecer em alguns casos, existem diversos outros tipos de tumor em cachorro que manifestam alguns sintomas específicos possibilitando que o tutor os identifique e encaminhe o pet o mais rápido possível a um hospital veterinário.


Os sintomas de câncer em cachorro costumam ser:

  • Linfonodos aumentados, como os caroços em pescoço e axilas

  • Fraqueza e apatia;

  • Dificuldade em comer, evacuar, respirar e urinar;

  • Sangramentos pelo corpo;

  • Feridas que não cicatrizam;

  • Partes do corpo inchadas.


Tipos de tumor em cachorro:


Papiloma

Causados pelo vírus do papiloma oral canino geralmente acomete cachorros de idade mais avançada. Possui aspecto de verruga, e é um tumor benigno em cachorro.

 

Lipoma

São mais comuns em cachorros acima do peso, pois são compostos por células de gordura. Crescem lentamente, podendo chegar a tamanhos consideráveis. São benignos, porém existe uma variante maligna chamada lipossarcoma.

 

Histiocitoma

Costumam aparecer em filhotes que têm entre 1 e 3 anos. Geralmente, desaparecem em pouco tempo, mas seu crescimento é rápido e possuem aparência de botões.

 

Mastocitoma

Esse tipo de tumor é mais frequente em boxers, bulldogs e pitbulls mais velhos, e, infelizmente, mais da metade dos casos de mastocitoma são malignos.

 

Carcinoma de células escamosas

Aparecem no abdômen, nariz ou lábios, sua aparência lembra uma pequena área da pele ulcerada ou com uma crosta avermelhada. Esse tumor pode começar a sangrar conforme o avanço da doença, causando bastante incômodo. É maligno, no entanto, se espalha lentamente.

 

Melanoma

Nome usado para se referir a um grupo de tumores que podem surgir nas células que produzem a melanina. Costumam aparecer na pálpebra e boca, e ser malignos.

 

Tumores mamários

Os tumores de mama em cachorro podem ser benignos ou malignos e variam em tamanho, forma e consistência. É possível que haja tumores benignos e malignos ao mesmo tempo, e em todos os casos há indicação de cirurgia para remoção.

 

Órgãos mais afetados por tumores em cachorros:

  • Pele;

  • Rins ou bexiga;

  • Fígado e baço;

  • Mamas (fêmeas);

  • Testículos ou ovários.


Causas de câncer em cachorro:

Podem ser diversos fatores, idade por exemplo, os cães idosos possuem uma tendência maior para desenvolver a doença, hereditariedade, outros fatores também podem ser exposição solar alta, doenças virais e alimentação, o crescimento de hormônios no organismo também deve ser citado, um fator que pode ser evitado com a castração.


QUAIS OS TIPOS DE CÂNCER EM CACHORRO MAIS COMUNS?

Os cânceres em cachorros são mais comuns em fêmeas do que em machos, tendo como seus tipos mais comuns:

 

  •  Câncer de pele em cachorro;

  •  Câncer de mama em cachorro;

  •  Câncer de testículo em cachorro;

  •  Cânceres intra-abdominais (internos), como útero, ovários, fígado, baço e pâncreas.



Prevenções:

O diagnóstico precoce é sempre a melhor maneira de prevenção, por isso as consultas de rotinas devem ser frequentes.

Além disso, também é importante controlar os fatores de risco, como:

 

  • Sol em excesso;

  • Má alimentação;

  • Obesidade;

  • Inflamações crônicas no organismo;

  • Falta de exercícios físicos.


Em nossa clínica oferecemos todo o suporte que seu animal e você merecem, com atendimento 24 horas somos referencia em clínica veterinária, com estrutura de primeira e profissionais altamente qualificados, proporcionamos o que você e seu animalzinho buscam.




8 visualizações0 comentário

Comments


whatsapp-logo-icone
bottom of page