top of page

QUAL A IDADE DE UM CACHORRO EM ANOS HUMANOS

Atualizado: 11 de abr.

Se o seu pet fosse humano, você tem ideia de quantos anos ele teria? Você provavelmente já tentou descobrir a idade de cachorro em relação à idade humana, mas escuta tantas teorias que não sabe qual seguir.


Antigamente, se dizia que a cada ano de vida para o cachorro equivalia a sete anos humanos, porém, ja sabemos que isso não é totalmente verdade. Fique conosco nessa leitura e vamos descobrir juntos quantos anos de vida seu companheiro teria se para ele o tempo passasse como para nós Humanos .



QUAL A IDADE DE UM CACHORRO EM ANOS HUMANOS
QUAL A IDADE DE UM CACHORRO EM ANOS HUMANOS

Você imagina qual é a expectativa média de vida de um cão? A idade de cachorro não é igual à dos humanos. Biologicamente, é como se os anos passassem mais rápido para os mascotes caninos.

Por exemplo, um cão se torna adulto entre os 8 e os 24 meses de vida, dependendo do porte e raça. Já um ser humano, o amadurecimento acontece bem mais tarde, entrando na vida adulta a partir dos 14 anos de idade.

Isso se deve ao fato de que os organismos de cada espécie são diferentes. Logo, o fator biológico é crucial para comparar a idade de cachorro com a dos humanos - contudo, a equivalência está longe de ser precisa. Mas, uma coisa é certa: a ciência já descobriu que uma boa alimentação e uma boa qualidade de vida contribuem para que o seu cão viva bem por mais tempo.


ENTENDENDO A IDADE DE UM CACHORRO E O SEU FUNCIONAMENTO.


Você já deve ter ouvido falar de que 1 ano na idade de cachorro equivale a 7 anos humanos. Mas sabia que não é tão simples assim? Pois é, há inúmeros fatores que interferem no envelhecimento de cada espécie. Em razão disso, as definições biológicas são mais importantes do que as cronológicas para traçar um comparativo.

Idade de cachorro é algo que depende muito do porte, ou seja, se o pet é tamanho pequeno, médio ou grande. No geral, os cães menores (raças de cães menores) têm maior expectativa de vida do que os de maior porte. Além disso, o processo de envelhecimento é diferente em cada fase da vida e os cuidados com seu cão tem muita importancia nessas fases.


QUANTO TEMPO PODE VIVER UM CACHORRO?


A expectativa de vida de um cachorro pode variar consideravelmente de acordo com vários fatores, incluindo raça, tamanho, genética, cuidados, nutrição e estilo de vida. Geralmente, os cães de porte menor tendem a viver mais do que os cães de porte grande.

Em média, um cão grande vive em torno de 9 a 12 anos. Já um cachorro de porte pequeno pode ir mais longe e viver 18 anos ou mais.

É importante lembrar que esses são valores médios e que cada cachorro é único. Fatores como cuidados veterinários regulares, alimentação adequada, exercício físico, ambiente saudável e amor e atenção dos donos podem influenciar na longevidade e na qualidade de vida do animal.

Consultar o veterinário e seguir as práticas recomendadas para o cuidado e a saúde do seu cachorro são fundamentais para proporcionar uma vida longa e saudável ao seu companheiro canino.

Compreendendo que há inúmeros fatores que influenciam no envelhecimento do cão e estimar precisamente essa idade é impossível. Como calcular a idade de cachorro? Veja na próxima seção!


TABELA PARA CALCULO DA IDADE DE UM CACHORRO (ESTIMADO).


TABELA DE IDADE DO CÃO COMPARADO COM A IDADE HUMANA
TABELA DE IDADE DO CÃO COMPARADO COM A IDADE HUMANA

Mas além de saber qual é a idade do seu pet, os tutores precisam conhecer também os cuidados que devem ser tomados em cada idade.

Por exemplo, quando são filhotes devem ser vacinados obrigatoriamente, mas há muito o que pode ser feito para tornar a vivência do seu cachorro idoso mais tranquila também.

Então, em todas as faixas etárias, faça exames de check-up, visite regularmente um médico veterinário de sua confiança, deixe as vacinas sempre em dia, pois o estado de saúde pode mudar repentinamente e é sempre melhor detectar alterações logo de início.

Não deixe seu pet ficar muito gordinho e nem magrinho demais, proporcione estímulos físicos e mentais para ajudar a não perder massa muscular e cognitiva. Cuide da saúde do seu pet como se fosse a sua.

Vamos entender agora um pouco mais sobre os cuidados que podemos ter com um cão idoso.

CUIDADOS COM O CÃO IDOSO


Alimentação

O ritmo da digestão e da absorção de alimentos diminui nos cachorros idosos, por isso eles necessitam se alimentar com uma ração de fácil digestão, e também de uma alimentação mais saudável e rica em proteínas. Outro fator que pode ocorrer é o cachorro ficar com a dentição mais mole ou perder muito dentes e com isso iniciam as dificuldades para comer, talvez seja preciso oferecer a ele uma ração úmida. Mas, antes de qualquer alteração na alimentação de seu pet, consulte o veterinário. E, observe se ele está se alimentando, se seu cão passar cerca de 12 horas sem comer já é um sinal de atenção, caso ele complete 24 horas sem se alimentar, leve-o ao veterinário sem demora. Caso surga alguma emergência a Clínica Veterinária HOSPVET possui atendimento veterinário 24 na cidade de Londrina.


Mobilidade

Outro sinal que pode aparecer com a idade é a mobilidade reduzida, pois podem surgir problemas como artrite, artrose, problemas nas juntas e na coluna, dentre outros, todo cão idoso tende a ficar mais parado, evitar aventuras e desafios.


Mudanças de comportamentais

O cão com a idade mais avançada não terá tanta disposição quanto antes, ele não irá correr e brincar tanto quanto os outros. Porém, se seu pet estiver em condições é importante que se mantenha uma rotina de atividades com ele, como os passeios e as brincadeiras, mas modere a intensidade e a duração, respeitando os limites do animal.


Conflitos de convivência com outros animais mais jovens

Como dissemos anteriormente, o cachorro com a idade avançada pode apresentar redução na mobilidade e também na disposição, e justamente por isso o animal pode não querer contato com cães brincalhões e cheios de energia. Isso pode fazer com que ele se sinta acuado e estressado, e até mesmo levá-lo       a ter atitudes mais agressivas.


Maior sonolência

Quando chegam à velhice a tendência é os cães passarem muito mais tempo deitados e dormir bem mais do que de costume. Não espere de um cão idoso a mesma disposição de um cão jovem, respeite as sonecas dele.


Cuidados com a mudança de temperatura

O cachorro com mais idade também fica mais sensível com as mudanças bruscas de temperatura. A fim de diminuir os riscos de mal-estar e de adoecimentos, mantenha a caminha e os pertences de seu cão em local seco e arejado, bem longe de correntes de vento.


AGORA QUE CHEGOU ATÉ AQUI, QUE TAL MARCAR UM CHECK-UP PARA O SEU CÃO VELHINHO PARA GARANTIRMOS QUE ELE ESTÁ BEM DISPOSTO A PASSAR MAIS UNS BONS ANOS COM A GENTE.






2 Comments


Unknown member
Apr 02

Podiam não morrer nunca…

Like

Unknown member
Mar 20

Muito bom!

Like
whatsapp-logo-icone
bottom of page